Literatura   e    Gramática
  

Top30 Brasil - Vote neste site!
Top30, os melhores da Internet.

 

Este site foi atualizado em 04/06/06

 

  Você é nosso visitante no                                                     Livraria Cultura

 

  SERVIÇOS

   

Autores Brasileiros

Autores Portugueses

Biblioteca

Biografias

Curiosidades

Dicas de Gramática

Dicas de Redação

Dúvidas Comuns

Exercícios

Leitura Obrigatória

Leitura Sugerida

Links

Obras da FUVEST

Obras da UNICAMP

Outras Obras

Períodos Literários

Relação de Universidades

Resumos

Tarefa

Textos Críticos

Textos Jurídicos

 

  Associação Parceria Contra Drogas

   

 Acesso Direto

   

Álvares de Azevedo

Carlos Drummond

Clarice Lispector

Eça de Queirós

Graciliano Ramos

Gregório de Matos

Guimarães Rosa

Fernando Pessoa

João Cabral

Jorge Amado

José de Alencar

Luís de Camões

Machado de Assis

Manuel Antônio de Almeida

Manuel Bandeira

Mário de Andrade

 

 


 

  Site elaborado por

   Lu Cunha

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

FERNANDO PESSOA 

 

       

  

  • Fernando Antônio Nogueira Pessoa
  • Leva uma vida recatada e medíocre financeiramente
  • Ocupa-se como correspondente estrangeiro em várias firmas
  • Vida discreta, livre e sem obrigações fixas nem horários, solitário e conversador de bar, vida obscura e quase anônima
  • Ofélia
  • Astrólogo e cultor do ocultismo
  • Pendor filosófico – prenuncia a aparição de um Supra-Camões que cantaria a época
  • Diretor da Revista Orpheu (1915)
  • Autodefine-se como “poeta dramático”

O QUE SÃO OS HETERÔNIMOS?

  • outras personalidades
  • São vários poetas, seres, máscaras, linguagens
  • A cada um é dada biografia

   HETERÔNIMOS:

         ALBERTO CAEIRO

  • Homem simples do campo.
  •  Não pensar é difícil, daí Caeiro defender um pensamento contra o pensamento, uma filosofia antifilosófica
  • Mestre bucólico, camponês sábio, criado no campo
  • Não é preciso pensar
  • Sensação do mundo
  • Mestre do paganismo
  • Nega qualquer forma de espiritualismo e transcendência
  • Poesia antipoética, materialista
  • Vocabulário restrito
  • A sensação é realmente vivida e não pretexto para discussão de idéias

ÁLVARO DE CAMPOS

o        Requintado, neurótico, esnobe

o        Engenheiro Inativo por opção

o        Homem hipercivilizado

o        Amor à civilização e ao progresso

o        Vida urbana, moderna, impregnada de tecnologia e de multidão

o        Celebra a máquina, a velocidade, a simultaneidade de ações

o        sensacionismo

o        Influências: Cesário Verde, Walt Whitman

o        Sente e intelectualiza sensações

o        Sensacionalismo – designação de uma das poéticas inventadas por Pessoa, cujo fundamento se resume no verso “sentir tudo de todas as maneiras”

o        Tom agressivo, viril, heterônimo mais indisciplinado

o        Papel marginal à sociedade

o        Ego conflituoso

o        Prosa disposta em forma poética

              1a. Fase

  • Decadentista,
  • Ecos discretos do paulismo (tédio, cansaço, desalento)
  • Embriaguez do ópio e dos sonhos

               2a. Fase

  • Entusiasmo futurista, pelo mundo moderno
  • Imensas enumerações
  • Celebração do ritmo frenético das máquinas, da indústrias, da velocidade

                3a. Fase

  • Angústia intensa
  • Tonalidade melancólica
  • Hostilidade

      RICARDO REIS

  • Defensor da monarquia
  • Latinista e semi-helenista
  • Homem de cultura
  • Racionalista
  • Linguagem densa,
  • sintaxe latinizante
  • Temas são lugares-comuns clássicos: brevidade da vida, necessidade de gozar o presente, fatalidade da morte
  • Atitude Hedonista – voltada para o prazer
  • Atitude Epicurista – tendência para a felicidade pela harmonização de todas as faculdades humanas
  • Postura Estóica – propõe comedimento na fruição dos prazeres; seremos mais felizes 

FERNANDO PESSOA – ORTÔNIMO  

o        Simbolismo, algumas poéticas experimentais são Simbolistas (Pós)

o        Interseccionismo

o        Economia de imagens

o        Questionamento do Eu

o        Densa posição metalingüística

o        Consciência critica e autocrítica

o        Saudosismo esotérico

o        Nacionalismo místico

o        Questão da identidade e linguagem = reflexão sobre a arte poética e sobre o porquê do artista

o        Identificação com o mar

o        Cancioneiro = retoma ritmos e formas tradicionais populares do lirismo português

             MENSAGEM

  • Poesia épico (1)-irônica(2) e lírica(3)
  • 1 – volta-se para a celebração heróica de mitos coletivos
  • 2 – porque a celebração é feita sob o signo da irrealidade e da loucura
  • 3 – sempre se exprime um EU nas poesias
  • grande tema é o mito (é o nada que é tudo)
  • 44 poemas
  • única obra publicada em vida
  • volta ao passado
  • profetismo sebastianista
  • Epopéia nacional moderna
  • Sonho de Império Grande – 5O. (Babilônia, Pérsia, Roma, Grécia)
  • Parte 1 = Brasão; tempo e espaço de Portugal; subdivide-se em 5 sessÕes = ao Brasão; ascensão
  • Parte 2 - Mar Português – Expansão marítima; momento máximo do poder lusitano; apogeu
  • Parte 3 – O encoberto – regresso de Portugal a sua missão autêntica 5o.. império; anúncio profético do regresso de Portugal a sua primazia anterior; declínio

 

 

    

                                         HOME

 

 

DESTAQUES DOS RESUMOS

A CIDADE E AS SERRAS

A HORA DA ESTRELA

A ILUSTRE CASA DE RAMIRES

ALGUMA POESIA

Auto da Barca do Inferno

DOM CASMURRO I

Dom Casmurro II

FOGO MORTO

IRACEMA

LIBERTINAGEM

LIRA DOS VINTE ANOS

MACUNAÍMA

Memórias de um Sargento de MilíciaS i

Memórias de um Sargento de Milícias ii

MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BR;AS CUBAS

O GUARANI

O PRIMO BASÍLIO

OS LUSÍADAS

PRIMEIRAS ESTÓRIAS

VIDAS SECAS I

VIDAS SECAS

LIRA DOS VINTE ANOS

MACUNAÍMA

MEMÓRIAS PÓSTUMAS

O GUARANI

O PRIMO BASÍLIO

PRIMEIRAS ESTÓRIAS

OS LUSÍADAS

LIBERTINAGEM

ALGUMA POESIA

A HORA DA ESTRELA

A ILUSTRE CASA DE RAMIRES

FOGO MORTO

DOM CASMURRO 

FERNANDO PESSOA

.CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

JORGE AMADO

PRÊMIOS DO SITE

             

PORTUGAL E  O MUNDO

 
TSF Notícias SAPO.pt 
 Portugal vai pedir à UE alargamento de inquérito
border=0
 Preços fecham a subir depois de mínimo de duas semanas
border=0
 No último dia, Catalina alerta para fragilidade das vítimas
border=0
 «F» de França e o futuro da UE
border=0
 Annan garante investigar escândalo do programa

              

SAIBA MAIS

 Grande Sertão: Veredas

                  

 

APOIOS