Literatura   e    Gramática
  

Top30 Brasil - Vote neste site!
Top30, os melhores da Internet.

 

Este site foi atualizado em 03/05/06

 

  Você é nosso visitante no                                                     Livraria Cultura

 

  SERVIÇOS

Autores Brasileiros

Autores Portugueses

Biblioteca

Biografias

Curiosidades

Dicas de Gramática

Dicas de Redação

Dúvidas Comuns

Exercícios

Leitura Obrigatória

Leitura Sugerida

Links

Obras da FUVEST

Obras da UNICAMP

Outras Obras

Períodos Literários

Relação de Universidades

Resumos

Tarefa

Textos Críticos

Textos Jurídicos

 

  Associação Parceria Contra Drogas

 Acesso Direto

Álvares de Azevedo

Carlos Drummond

Clarice Lispector

Eça de Queirós

Graciliano Ramos

Gregório de Matos

Guimarães Rosa

Fernando Pessoa

João Cabral

Jorge Amado

José de Alencar

Luís de Camões

Machado de Assis

Manuel Antônio de Almeida

Manuel Bandeira

Mário de Andrade

 

 


 

  Site elaborado por

   Lu Cunha

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEITURA SUGERIDA

 

30 melhores livros de não ficção brasileiros

 Folha de São Paulo em 11/04/1999.    

1o. Casa Grande eenzala (1933) – Gilberto Freyre (1

    Raízes do Brasil (1936) – Sérgio Buarque de Hollanda (1902-1982) – Cia das letras

  Os Sertões (1902) – Euclides da Cunha (1866-1909) – Ática

Formação da Literatura Brasileira
(1959) – Antonio Candido (1918) – Itatiaia 2vol.

. Formação do Brasil Contemporâneo
(1942) – Caio Prado Jr. (1907-1990) – Brasiliense

Um Estadista do Império
(1897-1899) – Joaquim Nabuco (1849-1910)- Topbooks 2vol.

Os Donos do Poder
(1958) – Raymundo Faoro (1925) – 2vol.

Visão do Paraíso
(1959) – Sérgio Buarque de Hollanda (1902-1982) – Brasiliense.

O Abolicionismo
(1883) – Joaquim Nabuco (1849-1910)- Vozes.

Dicionário do Folclore Brasileiro
(1954) – Câmara Cascudo (1898-1986)- Itatiaia.

Sobrados e Mucambos (
1936)- Gilberto Freyre (1900-1987) – Record.

Dialética da Malandragem
(1970) – Antonio Candido (1918) – Ensaio do livro “O Discurso e a Cidade”, Duas Cidades.

Parceiros do Rio Bonito
(1964) – Antonio Candido (1918)- Duas Cidades.

Homens Livres na Ordem Escravocrata
(1969) – Maria Sylvia Carvalho Franco – Ed. da UNESP.

Bandeirantes e Pioneiros
(1954) – Vianna Moog (1906-1988)- Civilização Brasileira.

Historia da Literatura Brasileira
(1888) – Silvio Romero (1851-1914) – fora de catálogo.

Capítulos de Historia Colonial
(1907) – Capistrano de Abreu (1853-1927)- Iatiaia /Ed. da UNB.

História da Literatura Ocidental
(1958-1966) – Otto Maria Carpeaux (1900-1978) – fora de catalogo.

Instinto de Nacionalidade
(1873) – Machado de Assis (1839-1908) – vol. 3 da Nova Aguilar.

A Função Social da Guerra na Sociedade Tupinambá
(1952) –Florestan Fernandes (1920-1995) – fora de catálogo.

América Latina – Males de Origem
(1905) – Manuel Bonfim (1868-1932) – Topbooks..

Dom João VI no Brasil
(1908) – Oliveira Lima (1867-1928) – Topbooks.

Minha Formação
(1906) – Joaquim Nabuco – ed. da UNB.

Caminhos e Fronteiras
(1957) – Sérgio Buarque de Hollanda – cia das Letras.

Retrato do Brasil (
1928) – Paulo Prado (1869-1943) – Companhia das Letras.

Aspectos da Literatura Brasileira
(1943) – Mário de Andrade (1893-1945) – fora de catálogo.

Ao Vencedor as Batatas
(1977) – Roberto Schwarcz (1938) – Duas Cidades.

História Econômica do Brasil
– Caio Prado Junior – Brasiliense.

Carnavais, Malandros e Heróis
(1979) – Roberto DaMatta (1936) – Rocco. 

Prosa de Ficção (1950) – Lúcia Miguel Pereira (1903-1959) – Villa Rica.

                                      HOME

 

DESTAQUES DOS RESUMOS

VIDAS SECAS

LIRA DOS VINTE ANOS

MACUNAÍMA

MEMÓRIAS PÓSTUMAS

O GUARANI

O PRIMO BASÍLIO

PRIMEIRAS ESTÓRIAS

OS LUSÍADAS

LIBERTINAGEM

ALGUMA POESIA

A HORA DA ESTRELA

A ILUSTRE CASA DE RAMIRES

FOGO MORTO

DOM CASMURRO 

FERNANDO PESSOA

.CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

JORGE AMADO

PRÊMIOS DO SITE

             

PORTUGAL E  O MUNDO

 
TSF Notícias SAPO.pt 
 Portugal vai pedir à UE alargamento de inquérito
border=0
 Preços fecham a subir depois de mínimo de duas semanas
border=0
 No último dia, Catalina alerta para fragilidade das vítimas
border=0
 «F» de França e o futuro da UE
border=0
 Annan garante investigar escândalo do programa

              

SAIBA MAIS

 Grande Sertão: Veredas

                  

 

APOIOS